Brechó de luxo Cansei Vendi abre loja omnichannel nos Jardins

Depois de 9 anos no digital, fashiontech que tem Luana Piovani como sócia inaugura concept store e integra online e off-line; espaço é inspirado em galerias de arte contemporânea


Imagem: divulgação

Tecnologia está no DNA do brechó de luxo Cansei Vendi, que inaugura a primeira loja física já com a experiência omnichannel, nos Jardins, em São Paulo. Um tablet de 55” integra os canais digitais ao presencial, para que a concept store seja uma extensão do online para o off-line. “A compra continua sendo digital, não há caixas de pagamento tradicionais. É um conceito ainda inédito no Brasil para o segmento, mas sentimos que o mercado já está maduro para essa novidade”, conta Leilane Sabatini, CEO da fashiontech.

Bolsas, sapatos e acessórios seminovos de luxo são expostos como obras de arte no espaço de 200 m2, projetado como uma galeria contemporânea. O consumidor escolhe os artigos e finaliza a compra pelo dispositivo gigante, através do próprio celular ou de tablets disponibilizados pelas atendentes. “O cliente se sente na vitrine de um museu, onde ele pode ver, tocar e adquirir as preciosidades para sua coleção pessoal”, conta Leilane.

O brechó, que foi criado em 2013 e tem Luana Piovani como sócia, vai expor as peças de forma rotativa, conforme a demanda e o ineditismo do item. “Temos 10 mil artigos em estoque, então faremos a curadoria para dar destaque tanto aos clássicos quanto aos exclusivos e de edições limitadas e raras”, diz Leilane. Itens de 120 grifes de vestuário feminino, masculino e infantil têm valores até 80% menores aos das maisons, assim como no site.

A loja Cansei Vendi é sofisticada, com predominância da cor branca e de luzes que criam sensação de profundidade e um ar futurista. “Partimos de referência de uma galeria de arte minimalista, tecnológica, para dar mais atenção aos objetos. As curvas ligam as estruturas, com simplicidade e funcionalidade, como dois pilares que criam um portal central”, conta o arquiteto Thiago Ibitinga, responsável pelo projeto. À frente ficam os produtos femininos, e, ao meio, os setores com peças infantis, masculinas e os acessórios. Ao fundo, o provador e o acesso ao café que será instalado no local e ao escritório.

Para manter a identidade de um brechó, a loja também tem um espaço para receber itens para venda, o “Circule Suas Peças Aqui”, onde os clientes podem deixar produtos para avaliação e controle de autenticidade inerentes ao processo. Para garantir a originalidade e evitar falsificações, a @cansei_vendi faz minuciosa curadoria, tanto pela equipe interna quanto pela empresa americana Real Authentication, que é especializada em artigos de luxo.

Loja omnichannel aproxima Cansei Vendi ao público
A abertura da loja Cansei Vendi aumenta a proximidade da marca aos clientes. “Apesar de ser online, a empresa nunca foi robótica, mas sim de personas, com um bom relacionamento e atendimento ao público. Essa relação ficará mais estreita agora, em que pretendo estar o tempo inteiro aqui e ter um contato intenso com o público, para um feedback constante e o complemento da experiência do digital”, diz Leilane.

Aposta certeira, já que a forma de consumir mudou e o futuro do varejo é o multicanal. O estudo “Impacto digital nas compras na loja”, do Google, Ipsos MediaCT e Sterling Brands confirma que a experiência omnichannel está presente na jornada de compra em diferentes etapas. Hoje, o consumidor pesquisa online enquanto está em um estabelecimento, compara preços por aplicativos, visita lojas físicas e pode concretizar a compra via mobile ou presencialmente.

A @cansei_vendi, que cresceu 100% no último ano, estima dobrar esse número em 2022 com a abertura da loja. “E não havia ponto melhor do que o coração dos Jardins, onde começou a nossa história e no mais tradicional bairro de compras de São Paulo”, vibra Leilane.

A loja Cansei Vendi fica na Alameda Lorena, 1969, Jardins, em São Paulo.