Boa Vista Village traz assinatura de Sig Bergamin e Murilo Lomas

Expansão do complexo Boa Vista conta com novo empreendimento exclusivo

Foto: Divulgação

Cercado por vegetação exuberante distribuída por mais de 2 milhões de m², a Boa Vista Village, recém inaugurada expansão do complexo Boa Vista, oferece o que há de melhor em conforto, liberdade e privacidade. A arquitetura foi o ponto de partida do empreendimento da JHSF para criar harmonia e equilíbrio necessários entre convivência, moradia e lazer. Partindo dessa premissa, Sig Bergamin e Murilo Lomas, arquitetos que compõem o time na construção desse novo viver no interior de São Paulo, não economizaram em bom gosto e produtos de altíssima qualidade. À altura do empreendimento, recepção, piscinas, fachadas, áreas comuns das torres residenciais, hotel e até mesmo o Spa contam com a assinatura da dupla.

A Boa Vista Village reúne infraestrutura, beleza e recursos naturais a serviços exclusivos de forma a oferecer aos moradores uma experiência única de lazer, bem-estar e convivência em comunidade. “Quando chegou a demanda, as palavras que mais ouvimos foram: ‘surpreender’, ‘único’ e ‘sustentável’. Esses foram os pilares para a concepção do projeto. Nós ousamos, buscamos muitas referências, fizemos incansáveis estudos para chegarmos em um resultado verdadeiramente único”, conta Sig.

Para Sig e Murilo, participar desse projeto inovador foi uma oportunidade de criar relações arquitetônicas e de lifestyle muito presentes em suas realidades. “Desenvolver algo sustentável e diferente de tudo que tem no Brasil, uma mistura do que já existe nos EUA e na Europa, nos fez revisitar memórias, ir ao passado e rememorar vários lugares que já visitamos mundo afora. Uma experiência singular”, comenta Murilo.

Os projetos das residências foram detalhadamente planejados e individualmente pensados, desde os lotes especiais, os lodges às Residences, além de world class luxury hotels. Com uma infraestrutura esportiva sem-igual, a Boa Vista Village conta com campo de golfe com 18 buracos por Rees Jones, piscina para prática de surf da American Wave Machines com tecnologia Perfect Swell, centro de tênis com 15 quadras e arena para torneios internacionais, quadras poliesportivas, campos de futebol, quadras de beach tênis, academia com equipamentos de última geração e centro equestre. Bicicletas e carrinhos elétricos em sistema de mobilidade compartilhada, centro orgânico, circuito de bike, são outros atrativos.
Segundo os arquitetos, esse projeto é um dos mais instigantes desafios de suas carreiras. “Sou arquiteto e decorador há mais de 30 anos. Em toda minha carreira fiz inúmeros projetos, de todos os tipos e gostos ao redor do mundo, mas é a primeira vez que trabalho na escala da Boa Vista Village”, conta Sig. Murilo complementa: “Village é um projeto inédito na América do Sul no que se refere à qualidade e dimensão. Será um marco para São Paulo e para o Brasil, e tem sido um processo muito satisfatório projetar os detalhes desse grande complexo”, finaliza.

Sobre a Boa Vista Village 
A Boa Vista Village integra o Complexo Boa Vista, projeto lançado pela JHSF em 2007 com a Fazenda Boa Vista, que tornou-se referência nacional de empreendimento de campo destinado ao público de alta renda. Localizada em Porto Feliz numa área de mais de 2 milhões de metros quadrados, a Boa Vista Village foi concebida tendo como referência os conceitos de conforto, equilíbrio e convivência familiar pelos quais a Fazenda Boa Vista é reconhecida. O paisagismo será realizado por Maria João d’Orey, já os projetos de arquitetura serão desenvolvidos por Sig Bergamin, Murilo Lomas e Pablo Slemenson. O residencial conta com campo de golf, clube de tênis, centro equestre, kids center além de piscina para a prática de surf reservada apenas para membros.