Montblanc e a Beleza da Escrita à Mão na Homo Faber em Veneza

Maison de luxo traz sua própria marca para a segunda edição do evento cultural dedicado ao artesanato contemporâneo e revela uma instalação de arte recentemente encomendada pelo Studio Marianne Guély

Crédito obrigatório: Nicolas Brulez

De 10 de abril a 1º de maio de 2022, a Montblanc mostra a arte e a beleza de seu artesanato em instrumentos de escrita no Homo Faber, a experiência cultural inovadora em Veneza. O evento reúne mestres artesãos internacionais e estrelas em ascensão para ilustrar a diversidade de materiais, técnicas, origens e habilidades por trás de objetos funcionais do cotidiano e peças decorativas marcantes. A experiência imersiva com curadoria da Montblanc destaca a arte da criação da pena, uma das mais puras expressões do artesanato da Montblanc, com um processo habilidoso que transforma o ouro nas penas de seus célebres instrumentos de escrita.

Dentro do espaço Montblanc na Fondazione Giorgio Cini na Ilha San Giorgio Maggiore, os visitantes são convidados a aprender sobre a anatomia de uma caneta-tinteiro e a engenhosidade por trás das funções e elementos da ferramenta. A experiência imersiva apresenta um guia passo a passo das 12 fases de produção para criar uma pena com maestria, com artesãos fazendo penas no local. Fiel à sua missão de Inspirar a Escrita, os visitantes podem descobrir ou redescobrir a maravilha da escrita à mão na Montblanc Writing Station com uma apresentação de pena personalizada e através do teste de diferentes cores de tinta. Os especialistas da Montblanc estão à disposição para fazer recomendações sobre opções específicas de penas e tintas para obter a melhor experiência de escrita.

“Estamos muito satisfeitos em retornar ao Homo Faber, trazendo conosco a arte e o virtuosismo dos artesãos da Montblanc que supervisionam 35 etapas habilidosas para criar nossas penas de ouro. Sua paixão e experiência duradouras sustentam o status da Montblanc como a grande pioneira da cultura da escrita, bem como guardiã das tradições de artesanato ao longo das gerações. Como um aceno para a abertura da Montblanc Haus em Hamburgo nesta primavera europeia, estamos entusiasmados em destacar a criatividade excepcional do Studio Marianne Guély com um novo trabalho conectado às obras que ela criou para o nosso novo destino de marca, que celebra a maravilha da caligrafia”, diz Nicolas Baretzki, CEO da Montblanc.

Crédito obrigatório: Nicolas Brulez

Como parte de sua participação no Homo Faber, a Montblanc fez parceria com o Studio Marianne Guély em seu projeto ‘The Imaginary Alphabet’ com a instalação “ABCD’M” que ecoa a diversidade cultural de Veneza, uma cidade que ao longo dos séculos deixou sua marca no mundo da arte e do artesanato. Esta homenagem contemporânea a Aldo Manuzio, o impressor veneziano de 1515, é uma sutil mistura de culturas e savoir-faire transmitida pela escrita. A instalação original é um reflexo deste lugar cultural através do prisma e valores compartilhados por Homo Faber, Montblanc e Studio Marianne Guély.

O espaço é uma representação metafórica desse savoir-faire: as estantes de livros representam esse conhecimento e saber-fazer acumulados, escritos e transmitidos ao longo do tempo como um tesouro precioso. O arco é um símbolo dessas antigas bibliotecas e das pontes de Veneza como elos entre culturas e saberes. O espelho reflete infinitamente a biblioteca e as letras evocando a perpetuação e evolução do conhecimento ao longo do tempo. O alfabeto imaginário, representado pelas letras de papel que flutuam no espaço como se escapassem dos livros, é uma ilustração gráfica e física do pensamento e da criação, formalizada pela escrita. Graças ao trabalho de Lorenz Boegli, um impressor incomparável, e suas habilidades únicas de serigrafia, é criada uma experiência ousada e imersiva. Através do seu tratamento e da aplicação de tintas fosforescentes, o alfabeto revela-se ao visitante de duas formas distintas, dando liberdade à sua imaginação para absorver a obra.

Como parte de seu compromisso contínuo com o artesanato, a Montblanc Haus abre suas portas ao público em sua sede em Hamburgo, Alemanha, em maio. Ela conta a história da Montblanc desde a fundação até o presente, das mulheres e homens que fabricam os instrumentos de escrita da Montblanc e daqueles que os usaram para compartilhar sua marca na humanidade. A experiência imersiva da marca dá vida à crença da Montblanc no valor da escrita e nas maneiras pelas quais ela ajuda as pessoas a expressar todo o seu potencial e, finalmente, deixar sua marca no mundo.

Montblanc participa da Homo Faber at Island San Giorgio Maggiore de 10 de Abril a 1º de Maio de 2022. Para mais informações, acesse aqui: 

Sobre Montblanc

Sinônimo de excelência em artesanato e design, a Montblanc vem expandindo os limites da inovação desde que a Maison revolucionou a cultura da escrita em 1906. Engenhosidade e imaginação continuam a ser forças motrizes para a Maison hoje, à medida que avança sua expressão de artesanato fino em todas as categorias de produtos: instrumentos de escrita, relógios, artigos de couro, novas tecnologias e acessórios. Refletindo sobre sua missão contínua de criar excelentes companheiros de vida, nascidos de ideias ousadas e habilmente trabalhados pelos artesãos da Maison, o icônico Emblema Montblanc tornou-se o selo definitivo de desempenho, qualidade e uma expressão de estilo sofisticado. Como parte de seu compromisso contínuo de elevar e apoiar aqueles que se esforçam para deixar sua marca, a Montblanc continua afirmando seu incentivo a programas de educação em todo o mundo e iniciativas que inspiram as pessoas a expressar todo o seu potencial.