Bvlgari lança seu e-commerce no Brasil e anuncia doação para a AMIGOH

O lançamento do e-commerce faz parte da estratégia global de aceleração de canais omnichannel da casa italiana e, no Brasil, terá parte da renda do primeiro mês de suas vendas online revertida para pesquisa da organização AMIGOH do Instituto de Responsabilidade Social da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein

 

A joalheria romana e marca de luxo global Bvlgari acelera sua expansão digital mundial com o lançamento de novas plataformas de e-commerce em mais 7 países adicionais durante o inverno de 2020. As novas lojas online em Singapura, Emirados Árabes Unidos, Itália, França, Coréia, México e Brasil foram lançadas em um período de 90 dias. A página do Brasil  já pode ser acessada.

Em um processo longo e desafiador, a jornada da Bvlgari rumo a uma experiência integrada de omnichannel começou no final de 2000, com a primeira e-shop. Desde então a plataforma foi totalmente redesenhada, o atendimento ao cliente e a logística cresceram em grandes operações de serviço e a Bvlgari conta hoje com canais de e-commerce em 8 grandes países – EUA, Canadá, China, Japão, Reino Unido, Alemanha, Espanha e Austrália. Em todos esses canais é possível fazer o agendamento on-line, e as peças escolhidas podem ser enviadas para as residências ou retiradas nas boutiques.

Buscando uma interconexão fluida entre off e online, nos últimos dois anos a Bvlgari tem trabalhado incansavelmente para garantir uma experiência impecável entre o cliente e a marca em todos os seus pontos de contato – sejam eles físicos ou digitais – antes, durante ou após a compra. Mais de 80% dos clientes que hoje fazem compras em uma boutique Bvlgari tiveram contato digital anterior com a marca, seja pelo website ou pelos perfis nas mídias sociais oficiais. Um bom motivo para a maison romana se concentrar no omnichannel como o motor essencial para crescimento futuro.

Qual o segredo por trás da experiência do e-shop da Bvlgari? Antes de mais nada, um eficiente serviço de atendimento ao cliente. Uma equipe de profissionais altamente especializada, dedicada às necessidades dos clientes, é o fundamento sobre o qual a maison romana construiu sua estratégia de compras on-line. Verdadeiros “artesãos da conversa” prontos para satisfazer todos os desejos. Outro aspecto chave da abordagem centrada no cliente é a simplificação do processo de compra on-line: imagens de produtos 3D e realidade aumentada; envio gratuito e entrega flexível; devoluções cortesia através do online, do Serviço ao Cliente ou diretamente na boutique; e uma seleção dos métodos de pagamento mais utilizados. Essas são algumas das ferramentas e serviços dedicados que quebram tabus relacionados à compra de itens de luxo – especialmente joias – em canais digitais.

Adicionalmente, para uma experiência ultra coerente, as peças da joalheria romana chegarão aos clientes em uma embalagem exclusiva para compras on-line, estampada com o inconfundível design da malha Pantheon da marca.

 

Foto: Jean Christophe Babin, CEO da Bvlgari

Para o CEO da Bvlgari, Jean-Christophe Babin, “O comércio eletrônico deve ser uma experiência envolvente e exclusiva de 360 graus, oferecendo o mesmo serviço de excelência oferecido em uma boutique da Bvlgari. Isso sem mencionar a complementaridade do website com as Boutiques em termos de conteúdo e informações. Com o Covid-19, nossa loja virtual tornou-se nossa loja número 1 em todo o mundo – com um crescimento superior a 100% – e acreditamos que ela reforçará sua posição de liderança após o Covid-19, que tem sido um fator de aceleração. A chave para este sucesso está em sua suave interconexão com a boutique “física” e os outros canais digitais – portanto, em nossa abordagem coerente de omnichannel em total alinhamento dos associados das Boutiques e dos assessores de atendimento ao consumidor.”

Doação para a AMIGOH

Para marcar o lançamento do e-commerce no mercado brasileiro, a joalheria Bvlgari doará uma porcentagem de suas vendas online de 12 de outubro à 12 de novembro de 2020 para a AMIGOH. A instituição destinará todos os recursos para a pesquisa clínica “Incidência Cumulativa de COVID-19 em Pacientes Assintomáticos para a Infecção e em Tratamento com Quimioterapia e/ou Imunoterapia para Câncer”. Liderada pelo Dr. Oren Smaletz – médico oncologista clínico do Hospital Israelita Albert Einstein, o resultado da pesquisa pode contribuir para minimizar o contágio e o agravamento por Covid- 19 em pacientes oncológicos imunossuprimidos.

A generosa contribuição da Bvlgari viabiliza o estudo, em um momento importante, e reflete o compromisso contínuo da maison com os esforços globais de responsabilidade social e suas ações mais recentes de apoio à luta contra a Covid-19, reforçando os valores da empresa sobre a importância de retribuir à comunidade local e global.

Foto: Bvlgari doará uma porcentagem de suas vendas online para a AMIGOH / CPE – Centro de Pesquisa Experimental / Divulgação

Sobre a AMIGOH – Fundada em 2012, a AMIGOH (Amigos Einstein da Oncologia e Hematologia) faz parte do Instituto de Responsabilidade Social da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, e é protagonista, no terceiro setor, na prevenção e detecção precoce de câncer, além de fomentar pesquisas de novos tratamentos de doenças do sangue, que beneficiem toda a sociedade brasileira, principalmente, grupos mais vulneráveis.